• Adami Mielli

A Diferença Entre Logotipo, Logomarca e Logo



Fala Galera, beleza? Andei sumido do Blog e do YouTube porque tive muitas tarefas internas aqui na Freela. Finalmente depois desse hiato, estou de volta com muitas novidades, novos projetos legais e mais conteúdo de primeiríssima para vocês. Hoje vamos falar das 3 formas de identidade de marca que existem e falar um pouco sobre cada uma delas. Estou devendo esse post pra vocês faz um tempão, quem me acompanha no insta @adamao1 ou no @freelamedia sabe que é verdade !

Bom, vamos ao que interessa...

Conheço muita gente e falo com muita gente por todo o país todo o santo dia. A galera não manja a diferença de Logo, Logotipo e Logomarca e ainda fala errado, insistindo em dizer "MINHA LOGO". Primeiramente não existe "MINHA LOGO", o certo seria "MEU LOGO" mas, como não sou o Professor Pasquale Cipro Neto, vou deixar pra lá mais uma vez e não dar delongas para esse assunto. :P

Agora sim, vamos lá

• Logo → Do grego "Logos", significa conceito, ou seja, a ideia da estrutura que será pensada para descrever a marca em si. O logo é a principal parte do projeto e não o conteúdo final (o símbolo). De hoje em diante (agora que você sabe a diferença) quando ouvir a palavra LOGO, lembre-se que não se trata do resultado final, mas sim apenas do conceito.

• Logotipo → Junção das palavras "Logos" (conceito) e "Typos" (símbolo) do grego, formam o que conhecemos como a identidade de uma marca. O LOGOTIPO é o nome correto para se dar para um símbolo que representa uma marca. • Logomarca → Essa é uma criação popular bem brasileira que descreve o que é LOGOTIPO. Se você tem o costume de falar, não há necessidade de corrigir, mas não é uma palavra muito utilizada por nós que trabalhamos com isso.

Agora que você sabe a diferença entre os três, vamos falar sobre a importância de ter um.

É simples o raciocínio que quero lhes passar aqui. Vocês irão entender... A pergunta é: Você tem RG e CPF? Obviamente a resposta é sim. Bom, não é diferente com a sua empresa. Ela também precisa da sua identidade para que haja reconhecimento. Ela precisa ter uma identidade que a defina, que mostre singularidade, diferença, exclusividade e que de preferência tenha um significado, mesmo que não seja possível vê-lo claramente quando se olha para o logotipo. Alguns exemplos:


Muitas teorias acerca do porque da famosa maçã da Apple. Uma das mais plausíveis é sobre Isaac Newton no momento em que descobriu a gravidade. O logo da Apple, nos primórdios da empresa, era justamente Isaac sentado sob uma macieira com a maçã caindo. Resolveram deixar só a maçã. Ela representava a descoberta do computador como sendo algo pessoal que todos nós teríamos acesso.


O nome Lego é a abreviação de duas palavras dinamarquesas, "Leg Godt", que significa "Jogar Bem". Dizem que Ole Kirk teve essa ideia quando viu um caminhão com essas palavras escritas passar em frente de sua casa.


A marca Beats, que fabrica fones de ouvido, criação do produtor musical Jimmy Lovine e seu sócio Dr. Dre, tem em seu logo claramente muito bem bolado. O círculo vermelho representa uma cabeça de lado, e o B seria o fone.

Seu produto ou serviço sendo entregue com seu logotipo, além de fazer um marketing automático para o negócio, ainda reforça a marca, a diferencia das demais e torna a empresa algo de fato profissional.

Uma empresa sem um logotipo não é uma empresa. Uma empresa com um logotipo é uma empresa séria.

Agora, dentro disso, existem lá suas vertentes... Muitas pessoas por todo o país gostam de expor seu gosto, na hora de passar o conceito para quem vai criar. Acontece que muitas vezes (maioria das vezes), esse gosto sai completamente fora do sentido e no final, o logotipo obtido é ridículo. Não é tão simples como parece. Tudo é muito bem pensado durante o processo de criação. Na hora de criar um logotipo, a ideia é observada de forma que encaixe perfeitamente com o segmento e nicho de atuação da empresa. Tudo isso, utilizando formatos e cores que funcionam para o ramo igualmente.

Por exemplo: • Azul é uma cor usada para criação de logotipos do setor de tecnologia. • Vermelho funciona melhor com o setor alimentício. • Tons brandos e frutados como lilás, rosa, etc... funcionam melhor para serviços de estética. Pensar em todas essas questões durante o processo de criação, incluindo o que cada cor causa inconscientemente para os olhos de quem vê, é de suma importância para gerar um resultado que condiga com a empresa em si.

Algumas pessoas são teimosas e insistem em querer colocar verde-limão no logotipo da empresa de reparos de smartphones, mas, fazer o quê? Espero que essas informações tenham sido úteis e que vocês tenham aprendido mais sobre LOGOTIPOS. Fiquem de olho que semana que vem tem mais !

#marketingdediferenciação #Youtube #empreendedorismo #publicidadeonline #publicidade #blog #administração #marketing #campinas #marketingonline #adm #negócios #marketingdeconteudo #marketingdigital

20 visualizações
A Freela nas Redes Sociais
  • Facebook - Círculo Branco
  • Instagram - White Circle
  • Twitter - Círculo Branco
  • LinkedIn - Círculo Branco
  • YouTube - Círculo Branco
Contatos
  • whatsapp
  • mail
Serviços
whtf.png

Freela Media © 2016 - 2020 • Brasil •